Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, ROCHA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Arte e cultura
MSN - vitorolive@hotmail.com


Histórico:

- 13/06/2010 a 19/06/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 07/03/2010 a 13/03/2010
- 21/02/2010 a 27/02/2010
- 24/01/2010 a 30/01/2010
- 06/12/2009 a 12/12/2009
- 22/11/2009 a 28/11/2009
- 08/11/2009 a 14/11/2009
- 11/10/2009 a 17/10/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 16/08/2009 a 22/08/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009
- 12/07/2009 a 18/07/2009
- 21/06/2009 a 27/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 22/03/2009 a 28/03/2009
- 01/03/2009 a 07/03/2009
- 22/02/2009 a 28/02/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 08/02/2009 a 14/02/2009
- 25/01/2009 a 31/01/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 11/01/2009 a 17/01/2009
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 16/11/2008 a 22/11/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 02/11/2008 a 08/11/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 07/09/2008 a 13/09/2008
- 10/08/2008 a 16/08/2008
- 27/07/2008 a 02/08/2008
- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 16/12/2007 a 22/12/2007
- 30/09/2007 a 06/10/2007
- 09/09/2007 a 15/09/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 29/04/2007 a 05/05/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 25/02/2007 a 03/03/2007
- 18/02/2007 a 24/02/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 31/12/2006 a 06/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006



Outros sites:

- Eu prefiro melão
- BOL - E-mail grátis
- Sou Brett
- Série Maniaco
- UOL - O melhor conteúdo
- Aqueles dois


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog





Com que freqüência você vai ao cinema?
Toda semana
De 15 em 15 dias
Pelo menos uma vez por mês
Só quando vou ao shopping
Raramente
Nunca
O último filme que assisti foi "Titanic"
Votar
resultado parcial...


Layout Por


Brett Penace



Lília e a alegria de viver

Ø  DIVÃ (Brasil, 2009 – roteiro: Marcelo Saback - dir: José Alvarenga)

          

Não seria exagero nenhum afirmar que Lília Cabral é uma atriz da mesma linhagem de uma Meryl Streep. Dona de todos os recursos cênicos, Lília transita com segurança por todos os gêneros, indo da mais tresloucada e engraçada beata à mais abominável megera. No drama ou na comédia, domina a cena com competência e talento e ainda conta com aquele “quê” a mais que poucos artistas tem: um inegável carisma. Nós, (tele) espectadores, que sempre nos acostumamos a ver a atriz roubar a cena com suas adoráveis coadjuvantes, nos sentimos realizados ao vê-la no posto mais que merecido: o de protagonista.

Ainda que “Divã”, filme baseado em bem sucedida montagem teatral do livro de Martha Medeiros, conte com um excelente time de coadjuvantes (com destaque para a companheira dos tempos da peça, Alexandra Richter), com um roteiro cheio de frases espirituosas e tiradas inteligentes e com uma direção que sabe valorizar todos estes aspectos, a razão de ser do filme está mesmo em Lília Cabral, que cativa do início ao fim, diverte e emociona, faz rir e chorar com sua apaixonante Mercedes, uma dona de casa de meia-idade que entra em crise e começa a rever sua vida e vivenciar novas descobertas a partir das sessões com seu psicanalista.

Outro aspecto positivo está na humanidade da personagem que, livre de estereótipos e maniqueísmos, é um ser humano como outro qualquer: falho, patético, que trai e é traída, mas que acima de tudo, busca ser feliz. Um filme, sobretudo, sobre a alegria de viver ou, como diz a canção, sobre como “aprender a só ser”. Despretencioso e feliz como uma bela tarde de outono.

Cotação: @@@@ Ótimo



- Postado por: O Vitor viu... às 04h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________